A Influência das fases lunares nas ervas:

Phases of the Moon seen with a telescope - cool cold tone

As fases da lua atuam sobre as plantas assim como sobre ás águas, os líquidos e o ciclo reprodutor da mulher.
A explicação da ciência para a influencia na agricultura baseia-se na incidência de luminosidade sobre os vegetais. As plantas que recebem a luminosidade lunar na sua primeira fase de vida tendem a brotar rapidamente e a desenvolver mais folhas e flores.
Já as que se desenvolvem sob pouca ou nenhuma luminosidade atravessam um período vegetativo mais longo; em compensação, suas raízes são fortalecidas. Da mesma forma que a lua rege as marés, rege os líquidos das plantas.

Na fase crescente, a seiva flui em direção ás folhas;  Na cheia, está localizada nas extremidades.
Não é aconselhável fazer poda durante a lua cheia porque isso enfraqueceria muito a planta. Em compensação, a fase é a ideal para a colheita de frutos, pois eles estão repletos de seiva. O aproveitamento do fluxo e refluxo da seiva determina práticas importantes na agricultura.
Lua Nova – indicada para podas; capinar o mato ( ele demora mais para crescer); colheita de raízes; adubação.

Lua Crescente – boa para arar e gradear a terra; semear e colher folhas e frutos; fazer enxertos; plantar flores e folhas em vasos ornamentais.

Lua cheia – flores e frutos colhidos nessa fase são mais exuberantes, mas ela é imprópria para plantar, transplantar e capinar (o mato cresce rapidamente).

Lua minguante – boa para plantar e colher raízes; colher e armazenar grãos; colher madeira para utilização de cercas, móveis e construções, pois neste período a seiva se encontra nas raízes e isso favorece a conservação da madeira.

Ervas solares– possuem um cheiro atrativo, com aroma e perfume agradável.
Ervas lunares– são inodoras ou possuem um cheiro desagradável.

 

AXÉ IRMÃOS!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *