OFERENDAS PARA OS ORIXÁS:

acaraje

Olá, irmãos de fé!
Segue abaixo algumas oferendas básicas para os nossos amados Orixás, caso tenham duvidas de como fazer e onde fazer, deixe nos comentários e ficaremos felizes em responder!

Oferenda para Orixá Oxalá:

 – pano de cor branca ou gramado de jardim;

– sete velas brancas;

– frutas brancas (melão, goiaba branca, uva Itália);

– vinho branco licoroso;

– água de bica ou de fonte;

– Flores brancas;

– Comidas brancas ( canjica e arroz doce);

– Pães brancos;

– Mel;

– Um coco verde com sua tampa cortada e um pouco de mel dentro de sua água;

– pedras de cristais;

– três pembas brancas;

– travessa de louça branca.

 

Oferenda para Orixá Oxossi:

– pano de cor verde ou uma campina;

– sete velas verdes;

– frutas de qualquer espécies, menos ácidas;

– comidas (moranga cozida com milho verde, maça cozida inteira regada com mel,      doces cristalizados );

– vinho tinto;

– flores do campo;

– três pembas verde;

– um prato de fubá;

– uma travessa de louça branca.

 

Oferenda para Orixá Xangô:

 – toalha marrom ou uma pedreira;

– sete velas marrom;

– frutas ( abacaxi, melão, manga, melancia, laranja e goiaba vermelha);

– cerveja preta;

– água mineral;

– comida( rabada cozida com quiabo e temperos );

– flores crisântemos;

– uma gamela.

 

Oferenda para Orixá Ogum:

– pano vermelho ou uma campina;

– sete velas vermelhas;

– flores vermelhas, cravos ou palmas vermelhas;

– frutas ( laranja, pêra, goiaba vermelha, ameixa preta, abacaxis e uva);

– cerveja branca;

– comida (feijoada)

– uma travessa de louça branca.

 

Oferenda para Orixá Obaluaiê:

 – pano branco;

– sete velas brancas;

– flores ( crisântemos brancos ou quaresmeira );

– frutas ( fruta do conde, caqui, e coco seco);

– comidas ( pipoca estourada no dendê batata doce roxa cozida, beterraba cozida, mandioca cozida, tudo regado com mel );

– bebida ( vinho branco licoroso, água de poço );

– uma travessa de louça branca.

 

Oferenda para Orixá Oxum:

– uma pano dourado;

– sete velas rosas;

– flores rosas brancas, cor-de-rosa, amarelas e vermelhas;

– frutas cereja, maça, perâ, melancia, goiaba, framboesa e pêssego;

– comida, canjica amarela regada com mel;

– uma travessa branca.

 

Oferenda para Orixá Iansã:

– uma toalha amarela;

– sete velas amarelas;

– frutas ( laranja, abacaxi, pitanga, uva, morango, melão amarelo, pêssego e goiaba vermelha );

– bebida champanhe de uva ou de cidra;

– flores amarelas;

– comidas ( acarajés, arroz doce enfeitados com abacaxi em caldas e canela em pó por cima );

– uma travessa de louça branca.

 

Oferenda para o Orixá Nanã Buruquê:

– toalha de cor lilás;

– sete velas lilás;

– flores do campo, lírios ou crisântemos;

– frutas ( uva roxa, melão, manga, mamão, maracujá doce e figo );

– bebidas ( champanhe rose ou vinho tinto suave );

– uma travessa de louça branca.

 

Oferenda para Orixá Iemanjá:

– toalha azul clara;

– sete velas azul clara;

– flores ( rosa branca, palmas ou lírios brancos );

– frutas ( melão em fatias, cerejas, laranja lima, goiaba branca, framboesa e maça branca );

– bebida ( champanhe branca );

– comida ( manjares, peixe do mar assado, arroz doce com canela em pó );

– uma travessa de louça branca.

 

AXÉ IRMÃOS!!!

TIPOS DE OFERENDAS NA UMBANDA:

13506995_967027326747619_5473747321073634632_n

Muitas pessoas perguntam o que vem a ser uma oferenda ou um ebó na Umbanda, que em resumo são a mesma coisa com diferentes objetivos. Uma oferenda é a soma da energia de cada elemento entregue a entidade ou orixá para trabalhar espiritualmente resolvendo seus problemas.
Trata-se de oferecer a determinadas entidades ou orixás da Umbanda alimentos, flores, bebidas e objetos de culto para que realizem no plano espiritual o “conserto” daquilo que está atrapalhando a nossa vida.


Principais oferendas:

Oferendas de agradecimento: Quando em momentos de necessidades oramos e recebemos ajuda dos orixás e entidades regentes, costumamos fazer promessas ou retribuir de alguma forma. Pode ser uma oferenda na natureza ou algum auxilio aos necessitados. Compartilhando nosso sucesso e dizendo de forma simbólica que sem aquele auxilio não teríamos conseguido, por isso, somos gratos.

Oferendas de pedido de ajuda: Em forma de vela acesa ou uma visita de oração a um ponto de grande poder natural, como um pico ou campo aberto. Os orixás, como forças da natureza são espíritos hierarquizados que agem diretamente na esfera terrestre, estão nos campos e pontos energéticos da superfície terrestre, em todo nosso redor.

Oferendas para recuperar o que foi perdido: Visa a devolução do que pode ter sido tirado de nós por magia negativa ou até por nosso próprio descuido com a vida espiritual. Por meio de pensamentos ou ações espirituais de energias negativas as pessoas podem tirar de nós desde o ânimo para levantar de manhã até a saúde física ou dinheiro. Uma oferenda propícia a espiritualidade o poder de ajudar a recuperar objetos, bens materiais até mesmo o eixo de sua vida.

Oferendas de purificação: Geralmente é feita em locais próximos à água corrente ou em matas. Alguns fazem em cemitérios, mas sem o controle espiritual de uma entidade chefe pode se reverter em energias negativas muito pesadas. Estes lugares funcionam como “ralos energéticos” e absorvem os maus fluidos, mas a água e as matas têm o poder reciclador de muito axé, enquanto no cemitério a energia ruim absorvida pode ficar retida e prejudicar quem não estiver preparado, pois é um local que acumula muita tristeza e pesar.

Oferendas aos orixás e entidades regentes: A fim de obter ajuda para realizar aquilo de melhor para nós, nossos “amigos espirituais” sempre vão requerer nosso comprometimento e fé e, algumas vezes, isto pode vir em forma de uma oferenda a pedido de nosso orixá ou entidade regente. Médiuns devem fazer frequentemente uma oferenda ritual a seus orixás , assim como deve fazer também para seus guias espirituais mais próximos.

AXÉ A TODOS OS AMIGOS!

Orixá regente 2015

ogum-xoroke

Como em todos os anos em nossa casa, o Sr Guardião Sete Portais, revelou os Orixás regentes para o ano de 2015, aqui esta um pouco do que nos foi revelado, que possamos todos nós ter um ano cheio de realizações e conquistas.

No ano de 2015 o Orixá regente será o poderoso orixá Ogum, atuante por todo o ano, que virá acompanhado pela vibração intensa de Orixá Exu, e com isso dará uma força extrema para a vibração de Ogum.

Ogum representa a luta, a batalha, a guerra, nossa necessidade de lutar e ser perseverante perante os problemas e dificuldades que se apresentarem, pois somente o perseverante o insistente, o lutador, o trabalhador que arregaçar as mangas terá vitória neste ano. Será um ano intenso, com buscas de poder e justiça.

Continuar lendo

Ogum, São Jorge Guerreiro.

Cada um dos 16 orixás – as entidades cultuadas no candomblé e na umbanda – corresponde a um ou mais santos católicos.
Ogum é uma divindade masculina iorubá, figura que se repete em todas as formas mais conhecidas da mitologia universal, OGUM é o arquétipo do guerreiro.
Bastante cultuado no Brasil, especialmente por ser associado à luta, a conquista, é a figura do astral que, depois de Exu, esta mais próxima dos seres humanos. O guerreiro sempre foi à figura mística do deus mais evocado, já que é sua função realizar no astral as guerras que os seres humanos não conseguem travar ou vencer na sua luta cotidiana.
Foi uma das primeiras figuras do candomblé incorporada por outros cultos, notadamente pela umbanda, onde é muito popular. É sincretizado com São Jorge.
São Jorge sempre despertou-nos mais variados povos da Antiguidade, e ainda hoje, o fascínio de uma divindade que mesclava a força, a energia criativa,à proteção do guerreiro, daquele que traz consigo o poder da terra e dos veios ferrosos. O ferro, enquanto matéria prima imprescindível para a confecção das armas que manteriam determinada sociedade em condições de lutar pela sua sobrevivência, associou-se a vários outros símbolos que culminaram por forjar o famoso “Santo Guerreiro”.
Continuar lendo