Concentração – Preparo e cuidado dos médiuns – 05/11/11

Concentração – preparo e cuidado dos médiuns
Todo médium que quer ser realmente um bom intermediário entre os planos físico e espiritual, deve obedecer alguns cuidados no seu dia a dia:

O DIA
O médium deve cultivar, desde cedo, uma atitude mental digna, procurando fazer da oração e da vigilância de seus próprios pensamentos, o suporte para evitar maledicencia, as idéias negativas e deprimentes, e os comentários mordazes ou revoltosos, evitando assim, as discussões e disciplinando as reações, buscando sustentar a paciência e a serenidade acima de qualquer transtorno que sobrevenha durante o dia.

A ALIMENTAÇÃO
Em borá a preparação espiritual seja fundamental, o médium não deve se descuidar do cuidado com a alimentação nas horas que antecedem a reunião. Não deve alimentar-se em demasia, sobrecarregando assim, o aparelho digestivo que deverá expelir mais toxinas ( o que acarretará uma emissão fluídica contaminada). Também não deverá comer pouco, para evitar que se sinta fraco e debilitado. Abstendo-se da carne e do álcool, o resto da alimentação deverá ser normal, apenas sem excessos em quantidade.


REPOUSO FÍSICO E MENTAL
Após o trabalho profissional, braçal ou intelectual, reservar alguns momentos para o refazimento geral do corpo e da alma, através do recolhimento em ambiente silencioso, onde através da leitura e oração, a alma possa desligar-se das preocupações materiais ou inferiores. Uma leitura moralizadora elevará a sintonia vibratória do médium com pensamentos elevados e altruístas, condicionando-o a uma participação mais proveitosa nos trabalhos.
Para se conseguir a boa concentração é necessário que saibamos aplicar suas quatro regras básicas:
1- RELAXAMENTO: deve ser completa (físico e psíquico). Para relaxamento físico, devemos procurar uma posição cômoda, sentado ou deitado, respirando profunda e pausadamente por alguns instantes. Se puder ter uma musica suave de fundo, melhor ainda. Começamos então, uma contagem regressiva de 10 a 0, sempre respirando profundamente, e a cada numero vamos “desligando” partes do nosso corpo, procurando relaxar todos os nervos e músculos daquela região. É importante manter os olhos fechados. Assim quando mentalizamos o numero 10 “desligamos” a nossa cabeça toda, o numero 9 “desliga” o pescoço e os ombros, numero 8, o braço direito, o numero 7, o braço esquerdo, o numero 6, a mão direita, numero 5, a mão esquerda, o numero 4 o tronco todo, o numero 3 a perna direita, o numero 3 a perna direita,o numero 2 a perna esquerda, o numero 1, o pé direito e o numero 0 o pé esquerdo. Quando completarmos este “desligamento” total, passamos para a fase seguinte.
2- ABSTRAÇÃO: quando se conseguiu um relaxamento físico total, deve-se então, iniciar o desligamento de todos os problemas que não digam respeito a finalidade da reunião, como problemas domésticos, particulares, etc. Deve-se então, procurar “montar” um quadro mental que lhe permita fazer uma limpeza psíquica, uma captação e concentração de energias e uma elevação vibratória. Por exemplo: imagine-se caminhando por uma floresta ou campo, procurando “sentir” o cheiro da mata ou do perfurme das flores, “ouvindo” o canto dos pássaros eo barulho da água correndo. Continue “caminhando” até “encontrar” uma cachoeira, nela entrando, nadando e colocando-se embaixo da queda, para que a força da água caindo “limpe” você de todas as vibrações negativas que possa ter. “Saia” da água e coloque-se sob o sol captando-lhe o calor e energia. Sinta-se “aquecer” com este contato. Vá captando e acumulando esta energia, para depois poder transmitir aos necessitados.
3- ELEVAÇÃO: com o relaxamento procovando um bem estar físico e a abstração evitando tenções psíquicas, o médium tem condições então, de iniciar sua subida vibratória, pensando em objetivos elevados como o bem, o amor ao próximo, a caridade, etc.
4- MANUTENÇÃO VIBRATORIA: ao conseguirmos elevar nossas vibrações, iniciaremos então, a concentração propriamente dita, que nada mais é do que o direcionamento do pensamento de todos os médiuns para o mesmo objetivo. A reunião depende muito do ambiente formado por todos os componentes do grupo. Através dos bons pensamentos e da elevação dos sentimentos, o ambiente se satura de elementos espirituais (fluídicos), que favorecem o intercambio. Sem o preparo devido, dificilmente o médium terá condições de manter sua vibração durante os trabalhos. Conseguida a concentração, mentalmente devemos procurar envolver a todos em pensamentos de carinho, de amor, desejando-lhes o melhor que possa dar, como se a nossa mente estivesse emitindo forças e palavras de conforto e esclarecimento. Pela vontade própria, exercitar-se pela doação vibratória em favor de todos os presentes, encarnados e desencarnados, com vibrações de carinho, de afeto e de compreensão. A vibração feita corretamente, não cansa, ao contrario, traz um bem estar profundo ao emissor, pela troca de bons fluidos que se estabelece nessas ocasiões. O cansaço após a concentração, a demonstra que está havendo dificuldades quanto as normas de relaxamento e tranqüilidade.

MEDITAÇÃO
A meditação é muito importante para a nossa ligação com o mundo espiritual. Aproveitando os nossos momentos de meditação, nossos guias e protetores nos orientam a respeito de nossas duvidas e problemas.
Para uma boa meditação é necessário antes uma boa concentração. Antes de iniciar a concentração, devemos fazer uma prece, pedindo auxilio e proteção de uma entidade.
Formulemos então em nosso mental um assunto a ser meditado, ou leiamos uma pagina construtiva, de orientação evangélica ou moral.
Inicia-se então, a concentração para um total relaxamento físico e mental, para iniciarmos a nossa meditação. Através desse exercício constante, vamos abrindo nossos canais mediúnicos intuitivos. Então, teremos condições de absorver de nossos protetores, todo o ensinamento que eles querem transmitir.
Mas não queiram colher de imediato estes resultados, em algumas poucas vezes do exercício de meditação. Nada que dê bons frutos se consegue com facilidade e é justamente o esforço da luta que determina o valor do premio.
Se fosse fácil de se conseguir, que valor teria? Porem, seus frutos são de um valor imenso, inestimável. Darão a nós a oportunidade de “conversarmos” com nossos guias e protetores em qualquer situação, independente da oportunidade de incorporação.
Teremos então, a certeza que poderemos captar com fidelidade as orientações a nós transmitidas, em qualquer momento de necessidade nossa ou de algum irmão, para podermos auxiliar com maior firmeza e segurança.