ERVAS QUENTES, MORNAS E FRIAS

ervas

ERVAS QUENTES

Vamos chamar de “ervas quentes” as ervas fortes cuja atuação energética é agressiva. Elas tem alto poder de limpeza, todavia, seu uso excessivo pode causar buracos ou rompimentos em nossa áurea e campo energético. Devem ser usadas com moderação. São elas:

– Fumo
– Bagaço de cana
– Casca de Jurema Preta
– Guiné
– Arruda
– Casca de Alho
– Angico
– Dandá
– Beladona
– Aroeira
– Peregum
– Pimenta
– Losna
– Alpiste
– Cipó Cruz
– Cânfora
– Folha de Chorão
– Pinhão Roxo (muito indicada para quebra de amarrações e magia negra)

ERVAS MORNAS

Vamos chamar de “ervas mornas” as ervas que atuam de forma equilibradoras de energia, são ervas que não agridem, pelo contrário, atenuam efeitos negativos de ervas quentes. São ervas que ajudam a reconstruir a nossa energia, o nosso campo astral, nosso campo magnético, nossa áurea, etc. São elas:

– Folha de Manga
– Arlecrin
– Sávia
– Alfazema
– Cipó Caboclo
– Calêndula
– Macaca
– Samambaia
– Hortelã
– Pitanga
– Levante
– Manjericão
– Camomila
– Tapete de Oxalá
– Erva Doce

ERVAS FRIAS.

Ervas frias são aquelas não são agressivas como as ervas quentes e seus benefícios vão além de equilibrantes como as ervas mornas. Elas atuam especificamente em um determinado campo magnético.

Ervas frias “Atratoras”

– Rosa Vermelha
– Rosa Laranja
– Artemísia
– Malva
-Amora
– Maçã
– Canela
– Canelinha
– Cravo da Índia

Ervas frias “Energéticas”

– Girassol
– Emburana
– Folha de Café
– Guaraná
– Jurubeba
– Nó de Cachorro

Ervas frias “Calmantes”

– Capim Cidreira
– Maracujá ( folhas )

– Melissa
– Valeriana
– Pêssego
– Beterraba ( folhas )

AXÉ A TODOS OS IRMÃOS DE FÉ!