EVOLUÇÃO – Pedir ou servir a Espiritualidade?

11215091_813889338728086_7202089776570731646_n

 

É muito comum de se notar, nos lugares onde se praticam as religiões que lidam diretamente com a Espiritualidade (Umbanda, Candomblé, Kardecismo, etc.), pessoas que vão apenas para pedir. E os pedidos são os mais variados que se possa imaginar: cura para enfermidades (físicas e espirituais), melhora de emprego, ou no próprio emprego, pedido para que o relacionamento pessoal seja melhorado (mas tanto o homem como a mulher que integram essa relação não buscam se melhorar). Enfim, esses são alguns dos tipos de pedidos feitos para a Espiritualidade, na intenção de que se realizem.

Servir na Espiritualidade. Para muitas pessoas, a palavra servir traz a ideia de submissão, ser inferior, “semiescravo”, quando, na realidade, revela o quanto o ser que decidiu servir ao próximo, de preferência com AMOR, é elevado e forte. É elevado, pois a sua visão fez com que enxergasse “algo a mais” que a competição nossa do dia-a- -dia gera como normal e imutável. E forte ele também o é para conseguir sustentar “a diferença” que a sua atitude de servir gerou em relação à maioria das pessoas que não servem (nem a nada e nem a ninguém).

EVOLUÇÃO só ocorre quando existem mudanças. Na estagnação, nunca haverá evolução. O que se pede à Divindade? Evolução. Evolução pessoal, evolução da humanidade, evolução do planeta. A gente pede mudanças e acredita, à primeira vista, que as mudanças devem ocorrer no plano físico: mudar de emprego, mudar de casa, etc. Mas as mudanças mais importantes são as mudanças que ocorrem dentro de nós mesmos, as mudanças internas. Mudanças na forma de ver as coisas, na forma de valorizar os grupos aos quais se pertence, na forma de ver a sociedade emque se está e em nossos conceitos.

Podemos dizer, sem sombra de dúvidas, que SERVIR na Espiritualidade é muito melhor que só PEDIR para a Espiritualidade. Toda vez que se PEDE algo, a chance do EGO estar predominando no pedido é enorme. E quando se serve na Espiritualidade, o Ego tende a diminuir muito, pois a própria Espiritualidade nos recebe e nos abraça, para ir nos mostrando, ao longo do tempo, o que precisamos para melhorar, isto sim é EVOLUÇÃO.

Grande Axé á todos os amigos leitores de nosso site.

 

*Textos retirados do Jornal de Umbanda Sagrada colégio Pena Branca.