HONRAR PAI E MÃE!

Honrar pai e mãe acima de tudo?

Desde pequenos nos é ensinado a honrar nossos pais, não responder, respeitá-los e sempre obedecê-los, e isso realmente é uma regra que devemos seguir por toda nossa existência. Mas… Como sempre, toda regra tem sua exceção.

E quando vivemos uma relação abusiva?

E não falo aqui somente de abuso físico, mas também de abuso psicológico, moral e emocional.


E quando aqueles que deveriam nos guiar, orientar e proteger nos humilham, agridem e não aceitam nossas escolhas por mais inocentes que elas sejam?

Quando nos viram as costas por conta de nossas opções sexuais, religiosas, acadêmicas, ou qualquer outra escolha?

Cada ser humano é um indivíduo único, e tem dentro de si sonhos, desejos, vontades e principalmente consciência própria.

Saiba que você tem direito à felicidade, mesmo que essa “felicidade” não seja aquela definida por aqueles que o cercam.

Você tem o direito de escolher qual Deus vai louvar ou até mesmo negar a existência dele, tem o direito de escolher qual pessoa vai amar, qual carreira vai seguir… Em resumo, só você sabe aquilo que vai te completar e te trazer a felicidade.

Se aqueles que o cercam não respeitam suas escolhas, você não precisa desistir de quem você é somente para agradar aqueles que se acham donos da verdade, donos da sua vida e até mesmo das suas crenças e do seu corpo.

Se o que te faz bem não é imoral, não ofende o seu sagrado, não prejudica o seu próximo, então onde está o problema de você ser feliz com suas escolhas?

Vemos todos os dias pais virando as costas para filhos homossexuais, famílias criticando e até abominando escolhas religiosas, filhos agredindo ou abandonando pais idosos a própria sorte, parceiros matando por não ter amor correspondido, mães parindo e jogando bebês no lixo como se assim o fossem, crianças cruéis praticando abusos em nome da popularidade nas escolas, pais violando seus filhos para saciar desejos perversos…

O mundo está doente e você pode sim se afastar daquilo que te faz mal sem sentir culpa nenhuma!

Família é aquele “lugar” que te acolhe, que cuida de você, que te orienta e respeita.

Fuja sim daquilo que te faz mal, daquilo que te adoece, que suga sua alegria e energia. Você tem que se amar primeiro, para depois poder amar o seu próximo.

Ame, perdoe, mas não se anule, ou se torne um saco de pancadas porque assim ensinaram que é correto. O correto meu amigo, é ser e fazer feliz!

Não se você esteja no papel de pai, mãe, filho, avó, amigo… Não é pecado se afastar daquilo que te faz mal!

Pecado é não aproveitar a dádiva que Deus lhe deu de viver e tentar ser feliz, aprendendo, evoluindo e se transformando em um ser humano cada vez melhor!

Seja feliz!

Por Rosi Troitino, integrante da corrente mediúnica do Templo de Umbanda Caboclo Ubirajara.


Comentar com Facebook

Deixe uma resposta