Limpeza, preparação e consagração do espaço magico cotidiano

ritual

O Rito a seguir se refere à uma das várias maneiras corretas de limpar e consagrar um espaço para uso mágico cotidiano. Este rito tem por finalidade equilibrar as energias do ambiente, criar a aura de um espaço sagrado propício à meditação e práticas ocultas, fixar a intenção de elevação espiritual e facilitar a comunicação com os outros planos de existência. Qualquer ambiente ou espaço de ambiente pode ser utilizado, contanto que se situe em um local calmo, tranquilo e onde se possa ficar a vontade.

Limpe fisicamente o local com o maior esmero possível, sujeira retém energia que fica estagnada no ambiente limitando a circulação;

Após a limpeza, espalhe sal pelo ambiente e deixe lá por alguns minutos, ele vai absorver o excesso de energia presente no ambiente auxiliando na limpeza energética. Varra o sal do ambiente e jogue em agua corrente;

Prepare chá mate bem concentrado e use para passar pano no chão, o mate, como boa planta de Marte, funciona aumentando a energia mágica do ambiente;

Caso tenha um altar ou outra superfície de uso mágico neste ambiente, utilize uma base de álcool ou óleo mineral (o que ficar melhor em contato com o material) impregnada com cravo (Sygigumaromaticum) através de maceração e previamente consagrado à energia de purificação.

Sente-se de maneira o mais confortável possível e entre no nível mais profundo de consciência. Busque a elevação espiritual e forme mentalmente a imagem de um templo espiritual ideal para você. Mantenha a respiração suave e profunda com a mente o mais concentrada possível. Utilize os seus sentidos físicos e espirituais para formar no astral a estrutura do templo. Utilize o tempo que achar necessário e, ao terminar, visualize o templono plano astral se fixando ao espaço no plano físico, se fundindo formando um só.

Tome cuidado com o que projetar no plano astral pois isto também fará parte do templo de agora em diante. Visualize no templo a presença do pentagrama e outros símbolos religiosos que utilize brilhando em uma coloração dourada e violeta, se fixando aos objetos correspondentes no plano físico caso haja algum que faça referência ao mesmo;

Após isto, arrume normalmente seu espaço sagrado tomando o cuidado de consagrar cada objeto a medida que os dispõe pelo ambiente;

Uma vez por semana, utilize um cristal de ponta branca sobre sua testa enquanto reforça a visualização do seu templo sagrado no plano astral, para reforçar a presença do mesmo.

Acrescente símbolos de proteção em seu espaço ritual para garantir proteção contra energias astrais nocivas. Consagre um espaço do seu templo ou um altar a uma divindade específica, se desejar. Não recomendo a consagração de todo o espaço à uma divindade, pois assim deixará de ser o seu templo pessoal para ser um templo da divindade em específico.

Mantenha seu espaço sagrado sempre limpo e de preferência tenha sempre símbolos para representar as forças que deseja atrair ao seu convívio.

Namastê, Aeryus O Druida