Sexta- feira 13

sexta feira treze

O medo específico da sexta-feira 13 de qualquer mês se dá porque as pessoas imaginam que este seja um dia de má sorte.

A superstição foi relatada em diversas culturas. Existem histórias relatadas pela mitologia nórdica.

Na primeira delas, conta-se que houve um banquete e 12 deuses foram convidados.

Loki, espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga que terminou com a morte de Balder, o favorito dos deuses.

Recorde-se ainda que na Santa Ceia sentaram-se à mesa treze pessoas, sendo que duas delas, Jesus e Judas Iscariotes, morreram em seguida, por mortes trágicas, Jesus por crucificação e Judas provavelmente por suicídio.

Há também quem acredite que convidar 13 pessoas para um jantar é uma desgraça, daí porque os conjuntos de mesa são constituídos, regra geral, por 12 copos, 12 talheres e 12 pratos.

O 13 é considerado um número irregular, sinal de infortúnio. A sexta-feira foi o dia em que Jesus foi crucificado e também é considerado um dia de azar. Somando o dia da semana de azar (sexta) com o número de azar (13) tem-se o mais azarado dos dias, a sexta-feira 13!

Vale lembrar também que, no Tarô, a carta de número 13 representa a Morte.

Na umbanda, a sexta-feira 13 não tem nenhum significado particular, para alguns é até visto como um dia de sorte.

Na numerologia, somando o número 1 ao número 3 temos como resultado o número 4, que é o número da prosperidade e portanto, está longe de significar má sorte!


Comentar com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *