Banhos de Limpeza


Para momentos de sobrecarga emocional, depois de discussões ou quando os pensamentos negativos são muito recorrentes.

Mil-em-ramas – Tem efeito tônico, revitalizante, digestivo. Como uma esponja, absorve as energias negativas.

Arruda – No caso dos banhos, não tem função medicinal, mas age como protetora e purificadora do corpo e da mente. Libera inveja, mau-olhado e negatividade.

Guiné – Também ajuda na limpeza energética e deve-se usar poucas folhas na mistura.

Alfazema – Tem efeito antidepressivo, anti-séptico, calmante e relaxante. Ajuda a limpar o astral e traz tranqüilidade.

Malva – Calmante, evoca proteção e equilibra as emoções.

Hortelã – É adstringente, analgésico, antidepressivo e anti-séptico. Purifica, protege, atrai amor e saúde.

Mentalização: imagine que você está embaixo de uma cachoeira ou num rio cristalino. Pense que a água está levando embora tudo o que o impede de prosseguir na vida com calma e alegria.

Dicas de Banhos de Ervas

Banho de Ervas quando feito com ervas frescas deve ser maceradas;
Banho de Ervas quando feito com ervas secas deve ser feito em forma de infusão, ou seja, depois que a água ferver acrescenta-se as ervas, lembrando que o fogo deverá estar apagado para que as ervas não cozinhem;
Banho de Descarrego deve ser tomado à noite antes de dormir. Outros tipos de banhos podem ser tomados a qualquer hora e dia;
Não jogamos na coroa, chacra coronário, o sal grosso e os Banhos de Descarregos Fortes, portanto banhos que são compostos somente de ervas agressivas (salvo solicitação especiais e especificas);
É importante tomar um banho de ervas após o banho de sal grosso, pois este banho vem com a função de repor as energias que foram neutralizadas pelo sal;
Pode-se utilizar pedaços de carvão nas solas dos pés durante o banho de sal grosso. O carvão vem com a função de peneirar as energias, deixando somente as energias negativas serem neutralizadas.
Pode-se potencializar o poder energético dos banhos utilizando águas naturais como água de chuva, de cachoeira, de rio ou de mar.
E para finalizar, na dúvida, não tome banho de ervas sem perguntar ou confirmar com um Guia Espiritual ou com sua Mãe/Pai Espiritual afinal, eles conhecem as reais necessidades e as energias propícias de seus ‘filhos’.

Continuar lendo