OFERENDAS PARA OS ORIXÁS:

acaraje

Olá, irmãos de fé!
Segue abaixo algumas oferendas básicas para os nossos amados Orixás, caso tenham duvidas de como fazer e onde fazer, deixe nos comentários e ficaremos felizes em responder!

Oferenda para Orixá Oxalá:

 – pano de cor branca ou gramado de jardim;

– sete velas brancas;

– frutas brancas (melão, goiaba branca, uva Itália);

– vinho branco licoroso;

– água de bica ou de fonte;

– Flores brancas;

– Comidas brancas ( canjica e arroz doce);

– Pães brancos;

– Mel;

– Um coco verde com sua tampa cortada e um pouco de mel dentro de sua água;

– pedras de cristais;

– três pembas brancas;

– travessa de louça branca.

 

Oferenda para Orixá Oxossi:

– pano de cor verde ou uma campina;

– sete velas verdes;

– frutas de qualquer espécies, menos ácidas;

– comidas (moranga cozida com milho verde, maça cozida inteira regada com mel,      doces cristalizados );

– vinho tinto;

– flores do campo;

– três pembas verde;

– um prato de fubá;

– uma travessa de louça branca.

 

Oferenda para Orixá Xangô:

 – toalha marrom ou uma pedreira;

– sete velas marrom;

– frutas ( abacaxi, melão, manga, melancia, laranja e goiaba vermelha);

– cerveja preta;

– água mineral;

– comida( rabada cozida com quiabo e temperos );

– flores crisântemos;

– uma gamela.

 

Oferenda para Orixá Ogum:

– pano vermelho ou uma campina;

– sete velas vermelhas;

– flores vermelhas, cravos ou palmas vermelhas;

– frutas ( laranja, pêra, goiaba vermelha, ameixa preta, abacaxis e uva);

– cerveja branca;

– comida (feijoada)

– uma travessa de louça branca.

 

Oferenda para Orixá Obaluaiê:

 – pano branco;

– sete velas brancas;

– flores ( crisântemos brancos ou quaresmeira );

– frutas ( fruta do conde, caqui, e coco seco);

– comidas ( pipoca estourada no dendê batata doce roxa cozida, beterraba cozida, mandioca cozida, tudo regado com mel );

– bebida ( vinho branco licoroso, água de poço );

– uma travessa de louça branca.

 

Oferenda para Orixá Oxum:

– uma pano dourado;

– sete velas rosas;

– flores rosas brancas, cor-de-rosa, amarelas e vermelhas;

– frutas cereja, maça, perâ, melancia, goiaba, framboesa e pêssego;

– comida, canjica amarela regada com mel;

– uma travessa branca.

 

Oferenda para Orixá Iansã:

– uma toalha amarela;

– sete velas amarelas;

– frutas ( laranja, abacaxi, pitanga, uva, morango, melão amarelo, pêssego e goiaba vermelha );

– bebida champanhe de uva ou de cidra;

– flores amarelas;

– comidas ( acarajés, arroz doce enfeitados com abacaxi em caldas e canela em pó por cima );

– uma travessa de louça branca.

 

Oferenda para o Orixá Nanã Buruquê:

– toalha de cor lilás;

– sete velas lilás;

– flores do campo, lírios ou crisântemos;

– frutas ( uva roxa, melão, manga, mamão, maracujá doce e figo );

– bebidas ( champanhe rose ou vinho tinto suave );

– uma travessa de louça branca.

 

Oferenda para Orixá Iemanjá:

– toalha azul clara;

– sete velas azul clara;

– flores ( rosa branca, palmas ou lírios brancos );

– frutas ( melão em fatias, cerejas, laranja lima, goiaba branca, framboesa e maça branca );

– bebida ( champanhe branca );

– comida ( manjares, peixe do mar assado, arroz doce com canela em pó );

– uma travessa de louça branca.

 

AXÉ IRMÃOS!!!

Como sei qual Orixá devo oferendar? Parte 2


Oi Pessoal! Como foi o estudo da primeira parte do artigo sobre as oferendas aos nossos Pais e Mães Orixás? Muitos questionamentos? Espero que não e, conforme combinado, coloco hoje pra vocês a segunda parte e finalização do artigo. Prontos?

XANGÔ – um dos Orixás mais temidos pelo fato de ser Ele o determinador da Justiça e quem ativa a Lei em nossas vidas, fazendo valer o ponto que diz “quem deve paga e quem merece recebe”. Portanto, oferendar Xangô é muito forte e muito especial, é nesse momento que devemos baixar nossas cabeças e permitir que seja feita a vontade de Deus e não a nossa. E é esse o “espírito da coisa”: não se oferenda Xangô para pedir a nossa justiça, mas a justiça Divina. Infelizmente, isso pouco acontece pois as pessoas estão viciadas em seus desejos e julgamentos e vão logo aos pés do Grande Rei Xangô pedir seus desejos, o que é um grande erro. Devemos oferendar Xangô para buscar e pedir equilíbrio entre a razão e a emoção, a justiça, a sensatez, a razão, a determinação e a coragem para recebermos aquilo que merecemos. Pedimos a Ele que nos mantenha sensatos e livres de quaisquer julgamentos, tanto os que emitimos quando os que recebemos.

EGUNITÁ – mesmo sabendo que poucos conhecem ou cultuam essa Orixá, vale a pena dizer que Ela é o fogo vivo e divino, portanto a oferendamos quando queremos que essa ação do fogo queime e consuma todas as energias negativas, todos os excessos emocionais e todos os cordões negativos que nos envolvem e envolvem nossas casas. Ela também ajuda a consumir energias de vícios.
Continuar lendo

Como sei qual Orixá devo oferendar?

Orixá(s) Regente(s) de 2013

Orixá(s) Regente(s) de 2013

Como o assunto é muito extenso, farei a publicação em duas partes. Assim não fica cansativo, a assimilação é melhor e podemos aproveitar para discutir e tirar duvidas conforme elas forem surgindo. Então vamos lá?

Nós umbandistas, sabemos que um dos atos ritualístico mais importantes para a nossa religião são as Oferendas que realizamos aos Orixás e aos Guias Espirituais. Sabemos também que a nossa maior benção é ter a força da natureza à nossa disposição, afinal ao oferendar um Orixá em um ponto de força, além de ativar a Divindade, ativamos também as forças elementais da natureza deste local em uma ação dupla de pura Força e Poder. Portanto, além de termos uma grande responsabilidade com a preservação da natureza, temos também a responsabilidade de saber onde, como e para quem pedir o amparo e a sustentação em nossas dificuldades, assim não ativaremos forças contrárias ou desnecessárias às nossas necessidades.

Vejam só a importância deste conhecimento: Imaginem que ‘Fulana’ está perdidamente apaixonada por um homem comprometido, que a tem como segundo plano. Que Orixá ‘Fulana’ deve oferendar solicitando ajuda? A maioria responderia essa questão dizendo que a oferenda deveria ser feita à Orixá Oxum, mas eu digo que, neste caso, ‘Fulana’ deve oferendar o Orixá Oxumaré. Calma, eu explico: como pedir a Oxum a união e a harmonia entre o casal se essa união é errada? Afinal ele é comprometido! Não seria mais correto pedir a Oxumaré a diluição dos sentimentos viciosos e desequilibrados que envolvem os dois para que assim, libertos do vicio da paixão, eles possam equilibrar seus sentimentos? Não seria mais correto pedir a Oxumaré uma renovação emocional abrindo horizontes e energias mais puras? A mesma coisa é pedir movimento e direção na vida a Nanã, abertura de caminho a Oxalá ou paciência a Ogum! Não é que as Forças Divinas não atenderão nossas solicitações, mas se podemos facilitar, agilizar, melhorar e, principalmente, direcionar nossas solicitações por que não fazê-las? É uma questão de bom senso e sabedoria, não acham? Por isso, preparei um material de estudo bem resumido e de fácil compreensão para que todos possam direcionar ao máximo suas solicitações em oferendas, lembrando que, antes de tudo, o auto conhecimento, o respeito e a fé são fundamentais.
Continuar lendo