BANHOS DE ERVAS:

amaci-031

Os banhos de ervas são indicados para vários fins, como abrir caminhos, descarrego, limpeza espiritual, atrair sorte, prosperidade, afastar mal olhado, entre outros.
As Ervas tem um poder mágico vindo da natureza e auxilia em muitas curas e conquistas. Aliviando o peso de energias negativas acumuladas, preparando o corpo e o espírito para determinado ritual, ou purificando e consagrando objetos sagrados.
O banho de ervas, até como tratamento, não é de religião alguma, é da própria natureza. Se na Umbanda o utilizam, é porque os próprios espíritos desencarnados que se apresentam como pretos-velhos, caboclos, crianças etc., conhecem esses princípios e os utilizam largamente.

As ervas detêm grande quantidade de Axé (Energia mágico-universal, sagrada, força) que bem combinadas entre si, detém forte poder de limpeza da aura e produzem energias positivas.

Podemos usar a energia da natureza como auxílio no tratamento de depressões, insônia, ansiedade, angústia e uma série de doenças crônicas.
Com bom senso e é claro, com o acompanhamento médico necessário, tratando o espírito e o corpo (já que as doenças se propagam do perispírito para o corpo físico).

Antes de iniciar o preparo de qualquer banho deve-se acender uma vela para o orixá ou entidade para que eles energizem o banho, as ervas devem ser muito bem lavadas, e toda erva que sobrar deve ser devolvida a natureza.
Banho de ervas não é brincadeira, por tanto se concentre antes de fazer o banho, deixe a cozinha (ou espaço que for fazer) limpa, e sem pessoas atrapalhando.
Antes de tomar qualquer banho de erva, deve-se primeiro tomar o banho de higiene pessoal.

Banho de descarrego
arruda, alecrim, guiné, alfazema, espada de são Jorge, fumo de corda e casca de alho.
Elimina vibrações negativas, tomar do pescoço para baixo e (Não colocar sal grosso).
Ferva 1 litro de água mineral, coloque as ervas em uma vasilha de vidro ou plastico, despeje a água. espere esfriar e tome o banho.

Banho de atração e fixação– anis estrelado, canela em pau, cravo, hortelã, noz moscada (ralada) e rosa branca.
Adquirir vibrações positivas, tomar no corpo inteiro, inclusive a cabeça.
Ferva 1 litro de água mineral, coloque as ervas em uma vasilha de vidro ou plastico, despeje a água. espere esfriar e tome o banho.

Banho de prosperidade – 7 canelas em pau, 3 noz moscadas, 7 folhas de louro, 7 galhos de erva doce, 3 rosas amarelas (pétalas).
Ferva á água, e misture tudo, passe na peneira e tome o banho.
(tomar do pescoço para baixo).
Ferva 1 litro de água mineral, coloque as ervas em uma vasilha de vidro ou plastico, despeje a água. espere esfriar e tome o banho.

Banho estabilizador – 3 folhas de tapete de oxalá, 3 galhos de alecrim, 3 anis estrelado, 1 gengibre médio.
Utilize morno. (tomar do pescoço para baixo).
Ferva 1 litro de água mineral, coloque as ervas em uma vasilha de vidro ou plastico, despeje a água. espere esfriar e tome o banho.

Banho para recuperar a saúde – 250 gr de canjica branca, 7 gotas de mel.
Ferva em 1 litro de água mineral a canjica, coloque as gostas de mel e tome o banho. (corpo inteiro, incluindo a cabeça).

Banho de Exu – folha de manga espada, folha de jabuticabeira, coração de banana, folha de mamona e folha de figo benjamim.
(tomar do pescoço para baixo).
Ferva 1 litro de água mineral, coloque as ervas em uma vasilha de vidro ou plastico, despeje a água. espere esfriar e tome o banho.

 

Banho de Pombagira – 7 rosas vermelhas (pétalas), 1 taça de champanhe e perfume (o seu de preferencia).
Esse banho deve ser macerado, misture um pouco de água morna e despeje o banho do pescoço para baixo.

Banho de baiano – 3 pedaços de coco seco, 3 pedaços da casca do coco seco, água de coco seco, água de mar e metade de 1 limão (suco).
(tomar do pescoço para baixo).
Ferva 1 litro de água mineral, coloque os itens em uma vasilha de vidro ou plastico, despeje a água. espere esfriar e tome o banho.

Banho de caboclo – folhas de eucalipto cheiroso, 2 noz moscada, cravo, canela em pau, 1 maça cortada em quatro e 3 flores de maracujá.
(tomar do pescoço para baixo).
Ferva 1 litro de água mineral, coloque as ervas em uma vasilha de vidro ou plastico, despeje a água. espere esfriar e tome o banho.

Banho de preto velho – arruda, alecrim, guiné, 1 punhados de pó de café, folhas de café e grãos de café.
(tomar do pescoço para baixo).
Ferva 1 litro de água mineral, coloque as ervas em uma vasilha de vidro ou plastico, despeje a água. espere esfriar e tome o banho.

AXÉ IRMÃOS!!

ERVAS DOS ORIXÁS

BXK8716_plantas800

De uma forma geral, toda erva, toda folha, pertence à Ossãe!
Segundo a mitologia africana, Yansã achando isso injusto, usou seus ventos para espalhar as ervas e desse modo cada Orixá poderia apanhar as que lhe interessasse. Contudo o conhecimento sobre o uso de cada uma delas pertence somente a Ossãe!

Ossãe é a folha em si mesma, seus mistérios, seus ingredientes que podem salvar ou matar, acalmar ou enlouquecer, elucidar ou alucinar. Ossãe é o movimento da inteligência humana, é o âmago das ciências médicas com suas “folhas” sintéticas, seus aparatos que vão muito além das possibilidades dos sentidos.
Por isso se canta ao se colher folhas na mata, para propiciar nas folhas o que os olhos não vêem, para lembrar que a mistura de folhas escolhidas é fruto de um ato pensado.

Oxalá – tapete de oxalá, manjericão, colônia, rosa branca, alfazema, manjerona e alecrim do campo.

Continue lendo

A Influência das fases lunares nas ervas:

Phases of the Moon seen with a telescope - cool cold tone

As fases da lua atuam sobre as plantas assim como sobre ás águas, os líquidos e o ciclo reprodutor da mulher.
A explicação da ciência para a influencia na agricultura baseia-se na incidência de luminosidade sobre os vegetais. As plantas que recebem a luminosidade lunar na sua primeira fase de vida tendem a brotar rapidamente e a desenvolver mais folhas e flores.
Já as que se desenvolvem sob pouca ou nenhuma luminosidade atravessam um período vegetativo mais longo; em compensação, suas raízes são fortalecidas. Da mesma forma que a lua rege as marés, rege os líquidos das plantas.

Na fase crescente, a seiva flui em direção ás folhas;  Na cheia, está localizada nas extremidades.
Não é aconselhável fazer poda durante a lua cheia porque isso enfraqueceria muito a planta. Em compensação, a fase é a ideal para a colheita de frutos, pois eles estão repletos de seiva. O aproveitamento do fluxo e refluxo da seiva determina práticas importantes na agricultura.
Lua Nova – indicada para podas; capinar o mato ( ele demora mais para crescer); colheita de raízes; adubação.

Lua Crescente – boa para arar e gradear a terra; semear e colher folhas e frutos; fazer enxertos; plantar flores e folhas em vasos ornamentais.

Lua cheia – flores e frutos colhidos nessa fase são mais exuberantes, mas ela é imprópria para plantar, transplantar e capinar (o mato cresce rapidamente).

Lua minguante – boa para plantar e colher raízes; colher e armazenar grãos; colher madeira para utilização de cercas, móveis e construções, pois neste período a seiva se encontra nas raízes e isso favorece a conservação da madeira.

Ervas solares– possuem um cheiro atrativo, com aroma e perfume agradável.
Ervas lunares– são inodoras ou possuem um cheiro desagradável.

 

AXÉ IRMÃOS!

ORAÇÕES E ATIVAÇÃO DAS ERVAS:

Submissao-a-Deus-oracao-960x500

As ervas tem alma, personalidade e sentimentos tão envolventes como qualquer ser vivente na natureza, inclusive o homem. É essa energia, a força que evocamos. O espirito vegetal.

“ eu evoco Deus, nosso amado Pai Criador, evoca a Mãe Terra, vossas forças vegetais, o sagrado espirito vegetal e peço que abençoe esse banho, defumação, chá, bate folhas, etc, para o meu beneficio e beneficio de meus semelhantes, e que assim seja meu pai, e que assim se faça.”

Oração para ativar ervas secas

“salve pai criador, salve mãe terra, salve as sagradas forças da natureza. Peço vossa benção nesse preparo, e que ele seja vivo e ativo para o beneficio de…( faça a determinação). Pela vossa glória e amor ao seu nome, que assim seja e que assim se faça meu pai.”

Oração para colher ervas

“eu evoco nosso amado pai criado, amada mãe terra, sagradas forças vegetais, os sagrados guardiões das ervas, os elementais da natureza e peço licença para recolher partes dessa erva, para que com sua força viva, possamos curar (diga para que esta ervar vai servir). Peço que essa planta seja envolvida em irradiações de nossa Mãe Ossain e não sinta dor para doar essas folhas, Amém”.

Oração para ativar a defumação antes de começar

“divino pai criador, mãe terra, forças da jurema, peço que abençoem essa defumação tornando-a força viva e ativa, meio de comunicação com o astral para que seja feita a limpeza dessa casa, e das pessoas aqui presente! (faça em forma de determinação) amém.”

Oração para se preparar para um trabalho com ervas

“ajoelhar-se, com a atenção e as palmas da mão voltadas para o ALTO: Senhor meu Deus, meu Pai criador, Amada Mãe terra, Amados mestres do astral maior. Grande foco divino que a tudo anima, peço que me envolva nas vossas vibrações de luz, amor e caridade e faça de mim uma extensão do vosso amor e de vossa força curadora, para meu beneficio e de meus semelhantes. Amém”.

Oração para preparar ´´ Bate folhas “

“com o maço de ervas na mãe, pronto para ser usado: Pai de amor e caridade transforma esse seu filho, nem sempre consciente de sua missão, em instrumento vivo de vossa vontade, para aqui, com essas ervas na mão, elas sejam força viva e ativa, limpadoras e absorvedoras de todo miasma, toda larva astral e toda forma de vida consciente e inconsciente que estejam prejudicando esse ambiente ou esta pessoa. Peço que se houver formas espirituais presas aqui, sejam libertadas, curadas e assim possa retornar seu caminho evolutivo, pela vontade de Nosso Criador. Amém”.

 

Atenção amigos, nunca se esqueçam, Para toda reza é necessário uma postura de seriedade e máxima concentração. A reza pode  ser feita em silencio, mentalizando as palavras, mas sempre atento para a necessidade do rezador estar focado em seu OBJETIVO, que seja a cura, a limpeza astral, etc…

 

AXÉ AMIGOS!!

ERVAS QUENTES, MORNAS E FRIAS

ervas

ERVAS QUENTES

Vamos chamar de “ervas quentes” as ervas fortes cuja atuação energética é agressiva. Elas tem alto poder de limpeza, todavia, seu uso excessivo pode causar buracos ou rompimentos em nossa áurea e campo energético. Devem ser usadas com moderação. São elas:

– Fumo
– Bagaço de cana
– Casca de Jurema Preta
– Guiné
– Arruda
– Casca de Alho
– Angico
– Dandá
– Beladona
– Aroeira
– Peregum
– Pimenta
– Losna
– Alpiste
– Cipó Cruz
– Cânfora
– Folha de Chorão
– Pinhão Roxo (muito indicada para quebra de amarrações e magia negra)

ERVAS MORNAS

Vamos chamar de “ervas mornas” as ervas que atuam de forma equilibradoras de energia, são ervas que não agridem, pelo contrário, atenuam efeitos negativos de ervas quentes. São ervas que ajudam a reconstruir a nossa energia, o nosso campo astral, nosso campo magnético, nossa áurea, etc. São elas:

– Folha de Manga
– Arlecrin
– Sávia
– Alfazema
– Cipó Caboclo
– Calêndula
– Macaca
– Samambaia
– Hortelã
– Pitanga
– Levante
– Manjericão
– Camomila
– Tapete de Oxalá
– Erva Doce

ERVAS FRIAS.

Ervas frias são aquelas não são agressivas como as ervas quentes e seus benefícios vão além de equilibrantes como as ervas mornas. Elas atuam especificamente em um determinado campo magnético.

Ervas frias “Atratoras”

– Rosa Vermelha
– Rosa Laranja
– Artemísia
– Malva
-Amora
– Maçã
– Canela
– Canelinha
– Cravo da Índia

Ervas frias “Energéticas”

– Girassol
– Emburana
– Folha de Café
– Guaraná
– Jurubeba
– Nó de Cachorro

Ervas frias “Calmantes”

– Capim Cidreira
– Maracujá ( folhas )

– Melissa
– Valeriana
– Pêssego
– Beterraba ( folhas )

AXÉ A TODOS OS IRMÃOS DE FÉ!