A UMBANDA E SUA FILOSOFIA

tumblr_o3izqkMGKJ1urfvh9o1_400Na Umbanda não tem lugar para vaidades e ostentações. Ela prega a pureza de pensamentos e atitudes alicerçados em um profundo censo de humildade e simplicidade. Todos são recebidos de braços abertos, não importando raça, credo religioso e situação financeira.
A Umbanda ensina a todos os seus seguidores fiéis, a adotar a Doutrina do Tríplice Caminho, ou seja, mente sã, corpo são, atitudes sadias.
A Umbanda em sua forma simples, mais de grande sinceridade, planta no coração das pessoas a semente da caridade e do amor ao próximo, pois as entidades de forma abnegada e atuante auxiliam os filhos participantes dando exemplos práticos de fraternidade.

Continuar lendo

PENSANDO NA UMBANDA…

topo-novo

A diversidade da Umbanda é obra do Astral superior para que mais corações fossem tocados pela Sua essência, portanto, não cabe a ninguém fazer julgamentos.
Considero que o mais importante é buscarmos fazermos a caridade, mais do que ficarmos presos a idéias pré-concebidas ou permanecermos presos a conceitos ultrapassados. Não importa qual ritualística cada Terreiro de Umbanda siga. Não importa se “escrevem” Oxoce, Oxossi ou Oxosse. Não importa se consideram Nanã Orixá dono de “Ori” (coroa) ou não. Não importa se consideram ou cultuam em seu rito mais Orixás ou menos Orixás…
O que realmente deve importar quando se procura um Terreiro de Umbanda não é o Terreiro (se é bonito, feio, pobre, rico, etc), mas sim A UMBANDA,A SUA VERDADEIRA ESSÊNCIA QUE É A CARIDADE.

Continuar lendo

A FÉ E A RELIGIOSIDADE

23380198_1478862692162126_4090038567581502833_n

Fé é o ato de crermos em Deus em suas Divindades e suas formas de manifestação. Religiosidade é a forma como manifestamos nossa fé, que envolve nossos sentimentos íntimos e nossa postura diante de Deus e suas Divindades, assim como, diante da vida e de nossos semelhantes. De nada adianta crermos em Deus se nossa religiosidade é nula ou negativa. Sim, quantos não têm fé na existência de Deus e de suas Divindades e creem que atuam em nossa vida e em nosso favor nos momentos difíceis, mas só buscam esse amparo divino quando chegam ao desespero,a dor.

Continuar lendo

ORIXÁS REGENTES DE 2018!

Olá, irmãos!!

orixá regente de um ano determina as  diversas atitudes que devem ser tomadas  por nós ao longo do ano, para que possamos aproveitar da melhor forma a energia emanada e homenagear tal orixá regente daquele ano.

Quando dizemos que um determinado orixá vai reger aquele ano indica que as características de personalidade de determinado orixá irá prevalecer nos acontecimentos do Planeta durante o ano.

2017, está tendo como regência principal o nosso Grande Pai Oxossi e chegando ao findar do ano podemos observar que este foi um ano de plantios, cada um de nós ao decorrer deste ciclo plantamos, semeamos conforme o que temos dentro de nós,
Oxossi Orixá do conhecimento e da sabedoria, veio com força para ajudar a expor os nossos verdadeiros sentimentos, as reais intenções que carregamos, nos auxiliando com o auto-conhecimento. Com isso alguns mostraram sua força interior, vontade de crescer, a capacidade de superar desafios e de passar por cima dos obstáculos tomados de uma incrível Fé e bons sentimentos. Já outros demonstraram suas fraquezas, um coração poluído de amarguras, rancores, maledicências, invejas, etc…

Com isso está por vir 2018 O ANO DA COLHEITA ! 

Continuar lendo

NOSSA SENHORA APARECIDA

14642283_1117376641644068_1640623221515851793_n

LOUVADA SEJA  NOSSA SENHORA APARECIDA!! 12 de Outubro.

Olá, Irmãos!
Somos filhos da Umbanda, e temos muita fé e devoção por está amada Mãe.
Os irmãos que queiram compartilhar desta egregora maravilhosa, ao Meio dia de hoje faça uma prece com o coração e com Fé.
A baixo um pouco sobre a historia de Nossa Senhora Aparecida.

O rio Paraíba, que nasce em São Paulo e deságua no litoral fluminense, era limpo e piscoso em 1717, quando os pescadores Domingos Garcia, Felipe Pedroso e João Alves resgataram a imagem de Nossa Senhora Aparecida de suas águas. Encarregados de garantir o almoço do conde de Assumar, então governador da província de São Paulo, que visitava a Vila de Guaratinguetá, eles subiam o rio e lançavam as redes sem muito sucesso próximo ao porto de Itaguaçu, até que recolheram o corpo da imagem. Na segunda tentativa, trouxeram a cabeça e, a partir desse momento, os peixes Continuar lendo