ORIXÁS REGENTES DE 2018!

Olá, irmãos!!

orixá regente de um ano determina as  diversas atitudes que devem ser tomadas  por nós ao longo do ano, para que possamos aproveitar da melhor forma a energia emanada e homenagear tal orixá regente daquele ano.

Quando dizemos que um determinado orixá vai reger aquele ano indica que as características de personalidade de determinado orixá irá prevalecer nos acontecimentos do Planeta durante o ano.

2017, está tendo como regência principal o nosso Grande Pai Oxossi e chegando ao findar do ano podemos observar que este foi um ano de plantios, cada um de nós ao decorrer deste ciclo plantamos, semeamos conforme o que temos dentro de nós,
Oxossi Orixá do conhecimento e da sabedoria, veio com força para ajudar a expor os nossos verdadeiros sentimentos, as reais intenções que carregamos, nos auxiliando com o auto-conhecimento. Com isso alguns mostraram sua força interior, vontade de crescer, a capacidade de superar desafios e de passar por cima dos obstáculos tomados de uma incrível Fé e bons sentimentos. Já outros demonstraram suas fraquezas, um coração poluído de amarguras, rancores, maledicências, invejas, etc…

Com isso está por vir 2018 O ANO DA COLHEITA ! 

Continuar lendo

Ao Mistério Exu Caveira: Um Brinde a Morte

exu-caveira

Pelo seu sorriso que encanta e acalenta o final de todos os ciclos. Pelo seu toque, que cria condições para que tudo possa renascer. Pela doçura do medo que vós desperta, em todos aqueles que se iludem com o ato de viver. Pela oportunidade que ecoa da escuridão do seu manto ébano.

Neste momento, presente e sublime, erguemos o cálice da consciência, brindando a morte!

Pela morte de todos os nossos vícios: emocionais, mentais, espirituais, condicionais, sociais e materiais. Sejam eles de ordem química ou energética.
Continuar lendo

Início dos trabalhos 2014

Escultura_de_Exu_na_Praça_dos_Orixás (Large)

 

” Exu é caminho, é energia, é vida e determinação. É cumpridor da LEI, é esperto, é Guardião. Exu é trabalho, é alegria veloz,  é viver. É a magia e o encanto, o sangue na veia vibrando, Exu é prazer. LAROYE!”

Sabendo que a religião de Umbanda, segundo o Caboclo das Sete Encruzilhadas é: – “A manifestação do espírito para a prática da caridade”, qual a principal função desempenhada pelos Exus em nosso TEMPLO?

Exú é a Entidade que cuida da Segurança da casa, seus médiuns e consulentes.

São muito amigos, quando tratados com respeito e carinho, são desconfiados mas gostam de ser presenteados e sempre lembrados, são excelentes conselheiros desde que você esteja pronto a ouvir a verdade. Estes espíritos, assim como os Preto-velhos, crianças e caboclos, são servidores dos Orixás.

Às vezes temidos, às vezes amados, mas sempre alegres, honestos e combatentes da maldade no mundo, assim é Exu.

Você quer conhecer mais a fundo esta entidade, ou está precisando lavar á fundo sua alma?

Sábado, 11/01/2014 as 19:30, GIRA DE GUARDIÕES E DAMAS, no Templo de Umbanda Caboclo Ubirajra. Comanda pelo Sr Sete Porteiras.

Esperamos todos de portas abertas.

Um enorme abraço, axé!

Pai Carlos de Oxóssi.

Oração aos Exús

exu 3

Saravá a vossa banda!

Salve Senhores Exus, donos de encruzilhadas, cemitérios, caminhos, campos, matas, becos, e lugares ocultos e perigosos do astral inferior!

A vós que habitais o limiar entre as trevas e a luz, saudamos com respeito e devoção.

A vós, orixás executores e transformadores da Lei e da Justiça Divina, na escuridão da consciência dos humanos caídos e perdidos, pelos caminhos negros da ignorância espiritual, nos dirigimos, pedindo que abram nossos caminhos, desatando os nós dos laços que amarram nossas vidas e impedem o desenrolar de nossas atividades diárias.

Tragam-nos a sorte, crescimento e vitorias em nossa vida profissional e em nossos negócios!

Ajudem-nos a manter a união de nossas famílias, o respeito, o equilíbrio e a força interior de cada um de nós!

Anulem ciumes, inveja, mau olhado e feitiços, que porventura inimigos façam contra nós!

Afastem os obstáculos que possam nos fazer tropeçar ou escorregar, causando-nos quedas que manchem nossas almas com profundidade, a ponto de marca-las por varias encarnações. Deem-nos força e vitalidade, para que consigamos eliminar esses obstáculos e recuperar nossa integridade espiritual.

Sejam nossos protetores de esquerda, servindo de escudo contra os ataques das vibrações negativas e seres trevosos que queiram nos atingir e destruir!

Intuam-nos também, contra a atuação mental dos inimigos declarados ou ocultos, para que não caiamos em armadilhas perigosas que nos prejudiquem e enfraqueçam!

Nós vós pedimos, para que nos defendam da atuação dos obsessores, quimbas e outros tipos de seres trevosos que tentem se aproximar de nós e sugar nossas energias e nossa vitalidade!

Mantenham-nos harmoniosos e equilibrados com as forças dos Sagrados Orixás de Luz, Vossos Senhores!

Ó sábios manipuladores da magia astral! Utilizem-na em beneficio destes vossos devotos e protegidos, para obtenção daquilo que pretendemos, na lei de Deus!

Movimentem vossas forças e falanges, para a formação de energias favoráveis ao atendimento de nossos pedidos, com a presteza necessária e o merecimento reconhecido pela Justiça Divina.

Com o vosso poder, concedido pelos Senhores Orixás de Luz, movimentando forças ocultas, sabemos que estaremos protegidos, amparados e fortes diante dos obstáculos, colocados em nossas vidas pela maldade alheia.

Agradecemos tudo que fizerem por nós e pedimos, do Alto, grande bençãos e aumento cada vez maiors da vossa Força e Luz, que se refletirá em vossos protegidos.

Laroiê Exu, Exú Omojubá!!!

Os guardiões

Na umbanda e nos cultos de origem afro, a palavra exu é empregada para se referir aos guardiões. — Porém, como exu é um termo comum à terminologia africana e afro-brasileira, em geral apenas nos cultos citados é que se utilizam esse e outros nomes, que, aos olhos de muita gente, são estranhos ou destituídos de significado.

Contudo, não podemos ignorar que os guardiões representam, em todos os planos onde atuam, uma forma de equilibrar as energias do universo, da mesma forma que os exus. Sem os guardiões, muitas tarefas, senão todas seriam inconcebíveis, tanto no plano físico como no astral.

“No entanto, não se deve fazer confusão, presumindo que todos os guardiões desempenham tarefas de igual teor.”
Continuar lendo