Onde foi que errei?

Tristeza

É bem curioso isso. As pessoas mergulham num mundo materialista, consumista, ilusório, sem amor, sem vida, sem contato com a natureza…

Os relacionamentos são superficiais, não há afeto, não há reciprocidade, somente se usa o outro, se mente ao outro, se tenta controlar o outro.

As pessoas valem mais pelas palavras que proferem, do que pelas atitudes que têm; valem mais pela imagem que projetam, do que pela sua essência, valem mais pelo que possuem do que pelo que são. Preferem ouvir músicas altíssimas para não ouvir a si mesmos e os anseios mais íntimos do seu coração.
Continuar lendo