Hoje mais uma vez em Luto…

Woman Holding Red Rose Behind Back

A MAIOR TRAGÉDIA DE NOSSAS VIDAS

Morri em Santa Maria hoje. Quem não morreu? Morri na Rua dos Andradas, 1925. Numa ladeira encrespada de fumaça.

A fumaça nunca foi tão negra no Rio Grande do Sul. Nunca uma nuvem foi tão nefasta.

Nem as tempestades mais mórbidas e elétricas desejam sua companhia. Seguirá sozinha, avulsa, página arrancada de um mapa.

A fumaça corrompeu o céu para sempre. O azul é cinza, anoitecemos em 27 de janeiro de 2013.

As chamas se acalmaram às 5h30, mas a morte nunca mais será controlada.

Morri porque tenho uma filha adolescente que demora a voltar para casa.

Morri porque já entrei em uma boate pensando como sairia dali em caso de incêndio.

Morri porque prefiro ficar perto do palco para ouvir melhor a banda.

Morri porque já confundi a porta de banheiro com a de emergência.

Morri porque jamais o fogo pede desculpas quando passa.

Morri porque já fui de algum jeito todos que morreram.

Morri sufocado de tanta morte; como acordar de novo?

O prédio não aterrissou da manhã, como um avião desgovernado na pista.

A saída era uma só e o medo vinha de todos os lados.

Os adolescentes não vão acordar na hora do almoço. Não vão se lembrar de nada. Ou entender como se distanciaram de repente do futuro.

Mais de duzentos e cinquenta jovens sem o último beijo da mãe, do pai, dos irmãos.

Os telefones ainda tocam no peito das vítimas estendidas no Ginásio Municipal.

As famílias ainda procuram suas crianças. As crianças universitárias estão eternamente no silencioso.

Ninguém tem coragem de atender e avisar o que aconteceu.

As palavras perderam o sentido.

Fabricio Carpinejar

O templo de Umbanda Caboclo Ubirajara se solidariza com todos os familiares, pessoas que hoje, perderam um ente querido. Que Oxalá conforte a cada um.

Homenagem a nossa querida irmã Patricia

“Cada pessoa que passa em nossa vida é única.
Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós.
Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho.
Uma despedida é necessária antes de podermos nos encontrar outra vez.
Que nossas despedidas sejam um eterno reencontro.
Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que as pessoas não se encontram por acaso.”

Hoje Nosso Pai escolheu você, uma bela flor para enfeitar o seu imenso jardim, tenha certeza que aprendemos muito com você, sua força, sua garra em viver, seu carinho por todos, sua educação, o sorriso sempre estampado em seu rosto, sua simplicidade… Poderia ficar horas enumerando suas qualidades…

Sabemos que estamos só de passagem, pois nossa verdadeira morada é onde hoje você está, que você seja acolhida com todo amor e carinho e que tenha a paz que tanto almejava.

Fique em paz querida amiga, lutadora, irmã, companheira, estaremos sempre aqui mandando boas vibrações e boas energias!!!

Templo de Umbanda Caboclo Ubirajara

Luto pelas crianças no Rio de Janeiro

No final da tarde, a Polícia Civil divulgou uma lista parcial de vítimas fatais identificadas. São elas:

1- Karine Lorraine Chagas de Oliveira, 14 anos
2- Rafael Pereira da Silva, 14 anos
3- Milena dos Santos Nascimento, 14 anos
4- Mariana Rocha de Souza, 12 anos
5- Larissa dos Santos Atanázio, 13 anos
6- Bianca Rocha Tavares, 13 anos
7- Luiza Paula da Silveira Machado, 14 anos
8- Laryssa Silva Martins, 13 anos
9- Géssica Guedes Pereira, 15 anos
10- Samira Pires Ribeiro, 13 anos
11- Ana Carolina Pacheco da Silva, 13 anos
12-Igor Moraes da Silva, 13 anos

Diante da dor e do sofrimento que todos estamos vivenciando com essa tragédia, só nos resta rogar a Deus, em sua infinita misericórdia e bondade, que abrande os pesares e as lágrimas e traga consolo aos nossos irmãos, especialmente aos pais, familiares, amigos e professores das vítimas.