SERÁ QUE SOU MÉDIUM ?

destaque-433471-mediunidade-umbanda-blog

SERÁ QUE SOU MÉDIUM?

A resposta é simples: todos nós somos médiuns.
A mediunidade é uma capacidade extrafísica que todos os seres humanos possuem, alguns mais bem desenvolvida do que outros, e ela independe da sua crença, religião ou filosofia de vida.
A palavra mediunidade vem do latim e significa ‘intermédio’, ‘intermediar’ e médium significa ‘aquele que está no meio’.
É natural que algumas pessoas tenham a mediunidade desenvolvida e outros adormecida, tudo depende do seu livre-arbítrio em escolher se quer incentivá-la ou resguardá-la, qualquer que seja o motivo.  Continuar lendo

MÉDIUM NÃO É SUPERIOR A NINGUÉM!!

111

Médium não é superior a ninguém!!!!
Ué, você não é medium e está desempregado?
Ué, você não é médium e ficou doente?
Ué, você não é médium e sua companheira (o) lhe traiu?
Ué, você não é médium e está sem dinheiro?
Ué, você não é médium e não sabia que iria acontece isso em sua vida?
Aonde estão as entidades que você diz tanto que lhe protege e lhe ajuda?
Cadê seu Exu?
Cadê sua Pomba Gira?
Cadê seu Caboclo?
Cadê seu Preto Velho?
Cadê a sua Criança?
Cadê seu Orixá?
Continuar lendo

Todos somos médiuns?

ramatis

TODAS AS CRIATURAS SÃO MÉDIUNS?

A Mediunidade não é faculdade EXCLUSIVA aos espíritas, mas todos os homens, são intermediários das boas ou más inspirações dos Espíritos.

Mesmo os homens ateus ou descrentes da imortalidade da alma, não estão isentos da mediunidade. Eles também podem ser instrumentos inconscientes dos desencarnados.

Ramatis nos diz que só a mediunidade natural, que é fruto do maior apuro espiritual da alma, revela-se de modo sereno, como um dom inato, sem produzir quaisquer sensações desagradáveis no ser.

Caso se trate de “concessão” provisória feita pela administração sideral, no caso da “mediunidade de prova”, despertada excepcionalmente pelos técnicos do mundo astral com o fito de favorecer às almas (espírito encarnado) muito endividadas, o seu despertamento, é em geral desagradável.
Continuar lendo

O grande Mal


Hoje em dia há dezenas de bons livros que nos trazem os alertas e os ensinamentos para que não nos deixemos cair nas redes obsessivas. Sabemos que tanto podemos ser vítimas de antigos algozes de vidas passadas, como por algo que estejamos fazendo na existência presente, principalmente se estamos praticando o Bem e a Caridade, pois isto incomoda os que querem obstaculizar o progresso do Planeta. Há também problemas complicados que levam a auto-obsessão, resultante de paixões, medos excessivos, vaidades.

A obsessão é silenciosa, melíflua, se enraíza onde houver terreno fértil. O perigo se encontra, quando o Ego supera a Consciência, quando os problemas cotidianos toldam a verdadeira meta da vida, que é o caminho pessoal evolutivo, é a compreensão da jornada do próprio espírito e a busca da superação das dificuldades, transmutando incapacidade em habilidade, ignorância em proficiência.
Continuar lendo

Missão do Médium


Você que tem mediunidade e trabalha com ela, já deve ter pensado por que foi escolhido, ou por que tem esse dom e, provavelmente, ao longo do seu caminhar também deve ter pensado no porquê de ter sido escolhido. Mesmo aquelas pessoas que já ouviram em algum momento que tem que desenvolver a mediunidade, com certeza, ficaram pensando em como e porquê fazer isso.

Aliás, sei que muita gente “desenvolve” a mediunidade por medo do que pode dar errado, caso não o faça, e não por vontade própria ou de forma espontânea.

Os mentores sempre brincaram dizendo que quase ninguém vem para o caminho espiritual, que as pessoas despencam, esbarram-se ladeira abaixo quando estão sofrendo. E que alguns encontram nesse caminhar um sentido da vida.
Continuar lendo