O USO DA ARRUDA NA UMBANDA

arruda

O USO DA ARRUDA NA UMBANDA.

Na Umbanda o uso da arruda foi trazido pelos pretos velhos e caboclos, para preparação de banhos, amuletos, para benzeduras, bem como para defumação de pessoas e ambientes.

Existem dois tipos, popularmente conhecidos como arruda macho (de folhas maiores e mais alongadas) e a arruda fêmea (de folhas menores e mais arredondadas). A arruda macho é uma erva que vibra na irradiação de Exú, e sua vibração se estende a Ogum em alguns segmentos da Umbanda, seu uso é indicado como amuleto contra maus fluidos, nas benzeduras contra olho grande, e ritualisticamente em banhos de descarga e defumação de ambientes e pessoas, afastando o negativo.

A arruda fêmea é uma erva que vibra na irradiação de Oxóssi, e é aplicada em banhos de descarga e limpeza, na maioria das vezes associada a outras ervas, também é muito utilizada na lavagem de guias (contas), é amuleto natural contra vibrações negativas, sendo muito utilizada por esse motivo em forma de cruz e figa.

 

Axé!

Captação de energia negativa pelos animais e plantas

ervas_clip_image002

Muitos acreditam que as plantas e os animais são como “pára-raios” e puxam toda carga negativa que foi direcionada a nós humanos.

Para discorrermos sobre esse assunto, vamos começar questionando alguns pontos básicos:
1. A energia negativa que nos é enviada (inveja, olho gordo, ódio, cobiça, etc.) realmente existe?
2. Uma pessoa consegue matar uma planta e deixar um animal doente somente emanando esse tipo de energia?
3. O que podemos fazer para nos proteger e proteger plantas e animais?
4. Deus com sua bondade infinita permitiria que plantas e animais se tornassem nossos escudos de proteção para cobrir nossos erros?
Continuar lendo