Vencendo a si mesmo

si mesmo

Nossos sonhos não são apenas sonhos.

Podemos vencer, desde que nossa vitória seja sempre sobre nós mesmos.

Podemos competir, desde que seja sempre com o objetivo de crescimento, de consciência, de paciência e de luz. Como nenhum ser humano é igual ao outro, logo não há como competir com ninguém de fora, porque não existe ninguém igual a você ou a mim, ou a qualquer outro. Cada ser humano é único na existência. Portanto, você e eu podemos competir, mas dentro de nós mesmos, com aquela parte nossa insidiosa, estranha, chamada então pelos orientais de ego. Aquela parte inferior de nossa personalidade, que teima em levar o nosso humor para baixo, que teima muitas vezes em carregar o nosso coração para as águas turvas da obsessão e da depressão.
Continuar lendo