A vida…

amanhecer2_thumb2

A vida, aqui na Terra, é curta e, se pararmos para pensar, vamos ver quanto tempo perdemos com brigas, discussões desnecessárias. Brigamos e nos estressamos por pequenas coisas. Brigas entre irmãos, pais e filhos, marido e mulher.

Pequenas coisas que poderiam ser resolvidas com uma conversa franca, mas que não acontece por orgulho ou por raiva.

Outras vezes, essa conversa pode até acontecer, mas ao invés de conversar terminamos em outra briga mais violenta. E assim, a vida vai passando e deixamos de viver momentos que poderiam ser maravilhosos. Quando alguém que participou da nossa vida volta para a casa do Pai, nos lembramos do tempo perdido com brigas desnecessárias e em todas as coisas boas que podíamos ter dito ou escutado e sofremos novamente. Quando isso acontece no trabalho é pior ainda.

Algumas vezes, queremos uma posição que pertence a outro ou sentimos que alguém quer a nossa e sofremos, nos desesperamos. Quando uma situação como essas acontecem, o melhor a fazer é deixar o tempo passar e tentar resolver, se não conseguirmos, precisamos tentar mudar alguma situação e, se não tivermos coragem de fazer essa mudança, deixar para lá e continuar com nossa vida sem nos preocuparmos com a vida do outro.

Cada um tem sua própria estrada para caminhar e ninguém seguirá o nosso caminho por nós. O mais importante, ninguém, mas ninguém mesmo, nem mesmo nós, somos perfeitos. Todos nós temos nossos acertos e nossos erros e todos nós estamos aprendendo com a alegria ou com a dor e sofrimento, muitas vezes desnecessários e evitáveis. Vamos tentar ser felizes, nós podemos.

Por Elisa Masselli

A vida já lhe foi dada, o que você fará com ela?


Tudo o quanto precisamos, para uma vida repleta de êxito e bem aventurança, já nos acompanha desde o nosso nascimento. O primeiro tapa que recebemos dá início à nossa existência aqui no Planeta Terra.

O primeiro suspiro, o primeiro fluxo de ar, que entra pulmão adentro, é a vida fora da proteção do ventre da nossa mãe.

Inicia-se nosso contato com o mundo da matéria. O mundo das imagens que ainda não podemos formatar em nossa mente, o mundo das palavras que ouvimos e não entendemos ainda o seu significado.
Continuar lendo