TER RELIGIÃO

Religião – No latim, religio designava “respeito”, “reverência”. A palavra deriva de relegere, em que re-, “de novo”, está associado ao verbo legere, “ler”, abrigando o sentido de “tomar com atenção”. Uma pessoa vive a religião quando cuida verdadeiramente de algo muito importante, algo que deve ser cultuado.

Ter religião é acreditar naquilo que você segue!

De que adianta ir à igreja ou a um terreiro se não consegue compreender o real sentido para o que procura. Os santos, orixás e os deuses que você cultua estão o tempo todo ao seu lado, desde que você realmente creia. Quando escolhemos um caminho a seguir, temos que acreditar que tudo fluirá bem e que se houver algum contratempo no meio do caminho, que sirva de aprendizado para nossa evolução, nos tornando mais fortes e conscientes a não repetir o mesmo erro. Muitos acreditam que ao entrar em um terreiro, sentar-se de frente a uma entidade e pedir (coisas que muitas vezem nem mereçam),irão sair dali e obter tudo o que foi pedido, e quando isso não acontece simplesmente não retornam mais ao local, por não ter seu pedido atendido ou quanto frequentam de forma assídua um templo espiritual, buscando proteção, e algo de ruim acontece, a pessoa acredita que foi descuido da entidade, que ela não o protegeu como deveria e assim por diante, some e não volta mais. Mas não é bem assim que funciona, não entender porque isso acontece é não acreditar no quebusca. Não é porque frequentamos um terreiro e temos o privilégio de conversar com as entidades que seremos intocáveis ou inabaláveis! Não! As entidades estão ali para nos ensinar, para nos orientar sobre como se deve agir, nos ajudar a trilhar o caminho certo, a fazer o que é certo e aceitar o que nos for dado. Ensinam-nos a abrir os olhos de uma vez por todas de que somos o efeito daquilo que oferecemos, até porque não tem como uma árvore doente dar bons frutos, que para cada ação sempre há uma reação, se você lançar pelo mundo coisas ruins, coisas ruins retornarão a ti.

Nos ensinam também que, de nada adianta comparecer sem faltas nas giras e cultos, se estiver ausente em mente e coração! Mas ensinam também, que em nosso próprio lar material, soubermos elevar nosso pensamento ao sagrado, com fé de verdade, iremos atrair as boas energias espirituais para nós.

Persistir, compreender, aceitar e continuar a lutar, ter um sentimento positivo dentro de si mesmo e jamais desistir quando tudo parece perdido, isso é ter FÉ! A FÉ muda, a FÉ move, a FÉ transforma até mesmo o que está desenganado!

Se não consegue compreender o real significado de Religião, de nada adianta entrar no terreiro ou numa igreja. A FÉcura! Aprendemos durante nossa caminhada, que devemos perdoar porque também somos falhos, a dividir porque talvez um dia iremos precisar que dividam conosco, a ajudar porque também precisamos de ajuda e a amar sem esperar retorno, porque o amor maior vem do Criador! Ele sim sabe de tudo que tens feito para se tornar uma pessoa melhor.

Mesmo quando tudo parece perdido, pratique a religião, mantenha-se firme em sua fé. Acredite que toda aquela força e aprendizado que vens buscando ao longo de todo esse tempo não é em vão, que na hora certa tudo acontecerá. Que você não tenta! Você consegue.

A FÉ é o remédio da alma e quando se aprende a amar, ajudar e a perdoar você EVOLUI”.

Por Claudia da Silva Rodrigues, integrante da corrente mediúnica do Templo de Umbanda Caboclo Ubirajara.


Comentar com Facebook

Deixe uma resposta