Umbanda não é circo

preta_velha

Salve os fios, salve todo esse povo

Sabe fios, esses dias eu tava pensando. Pensando na Umbanda, em como a Umbanda é iluminada. Tava pensando também em como a Umbanda recebe todos que chegam até ela, seja para seguir seus preceitos ou para só receberem uma ajuda imediata. Também recebe de braços abertos os curiosos e os descrentes. Muitos vão até os guias só para ver como é ou para verem se é de verdade. Não trazem nada de bom, nem levam nada consigo. É só para xeretar mesmo. Quando se cansam dos espaços de lazer das cidades,muitos resolvem ir até a Umbanda, prá ver como que é. Sabe, fios, qualquer dia desses vão fazer até excursão prá terreiro, se é que já não fazem, anunciando as “atrações” da noite.

Tô até imaginando: Não perca!!!nessa noite no terreiro, ele com sua capa preta, apresentação única e exclusiva do Exu tal…Chego até a achar graça nisso, num é mesmo, fio??? Mas brincadeira tem limite.

E já passou da hora de cada um que tem a Umbanda no seu coração, que é um religioso da Umbanda dizer um basta e mostrar pros curiosos que Umbanda não é circo!!!

Umbanda não é brincadeira, fio. Se quer visitar o terreiro só por curiosidade, que seja bem vindo, mas tenha respeito! E o respeito quem é que impõe? São os fios da Umbanda.

São os fios que primeiro respeitam o terreiro, respeitam o espaço sagrado, respeitam os guias, respeitam a sua fé e a sua crença para depois darem o exemplo de como os curiosos devem se comportar.

A umbanda não impõe nada, não cobra nada e abre os abraços a todos. Os fios devem entender toda a liberdade dessa religião e devem desfrutar da mesma com amor e muito respeito, ensinando prá quem não sabe que umbanda é religião, portanto deve ser tratada como tal.

Bom, meus fios, são só umas palavras simples prôs fios pensarem.
Com todo amor e respeito, na fé de nosso senhor Jesus Cristo

Psicografia: Vovó Maria Redonda

FONTE:http://pretavelhamariaredonda.blogspot.com.br/